Blog

Hospitalar promove noite de gala com premiações na área da saúde

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Reconhecido como o “pai da geriatria”, Moriguchi foi eleito a personalidade do ano na saúde e a pediatra Miriam Santos recebeu o Troféu Walter Schmidt, conferido pela Fanem, durante o jantar comemorativo, em São Paulo

A noite desta quarta-feira (17) foi de festa para o setor médico-hospitalar. Considerado o “pai da geriatria”, o médico japonês Yukio Moriguchi foi o grande homenageado no tradicional jantar da Feira Hospitalar, que aconteceu no Centro de Exposições Rebouças do HCFMUSP – Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Fundador do Instituto de Geriatria e Gerontologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, o doutor que conquistou seu diploma de medicina em 1948 ainda no Japão e, desde então, se dedica a compreender a ciência da longevidade recebeu o Prêmio Hospitalar 2017 – Personalidade do Ano na Área da Saúde.

Professor da PUCRS por 45 anos e capaz de se comunicar em oito idiomas, Moriguchi dedicou toda sua vida profissional aos processos que levam as pessoas a garantir qualidade de vida para as fases mais avançadas da existência. “Não sei como agradecer essa honra. As pessoas que até receberam o prêmio são pessoas conhecidas pela atuação e merecedora dessa premiação. O trabalho realizado por mim foi simples. Estou muito agradecido a todos”, pontuou Moriguchi.

Nas edições anteriores, o prêmio destacou cientistas, pesquisadores, médicos e empreendedores sociais. Quando criamos o Prêmio Hospitalar, 12 anos atrás, nosso desejo era buscar na comunidade da saúde os melhores exemplos de pessoas cuja atuação deveria, por sua excelência, ser conhecida, valorizada e reverenciada além dos limites de seus pares: deveria ser conhecida por toda a sociedade”, destacou a presidente da Hospitalar, Dra. Waleska Santos, durante o seu discurso.

 “Nos últimos anos nosso olhar se concentrou de forma especial na figura do médico, um profissional que, além de resgatar pessoas para a vida, passa a conhecer a mente e a alma de seus pacientes como nenhuma outra profissão pode fazer”, complementou.

Troféu Walter Schmidt

Ainda na mesma noite, o Troféu Walter Schmidt, que visa reconhecer a contribuição de personalidades que trabalham para o desenvolvimento do setor de saúde brasileiro, foi entregue à Doutora Miriam Santos. A pediatra, que coordena Rede BLH (Bancos de Leite Humano) do Distrito Federal, é uma referência na defesa do aleitamento materno como questão de saúde pública, em âmbito mundial.

Os programas e iniciativas que a Doutora Miriam Santos integra têm contribuído não só para elevar o patamar de qualidade dos bancos de leite no Brasil, como também para ajudar outros países a implementarem seus BLHs. Atualmente, todos os bancos da Rede do Distrito Federal são credenciados e certificados como Padrão Ouro tanto pela Rede Global de Bancos de Leite Humano, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Ministério da Saúde, como também pelo Programa Internacional Ibero-Americano de Bancos de Leite Humano. Resultado esse que pode ser atribuído ao trabalho de doutora Miriam e demais profissionais envolvidos nessa causa.

“É gratificante poder representar a Rede Global de Bancos de Leite Humano e evidenciar a bandeira que carrego. Temos um trabalho, do qual me orgulho muito, em rede e uma construção coletiva dessa história. Em vários lugares do mundo, profissionais lutam em prol da sobrevida de bebês prematuros e baixo peso, acreditando sempre que a amamentação pode sim fazer a diferença. E o Brasil tem sido referência nessa causa”, afirmou Miriam.

O Congresso Nacional brasileiro acabou de sancionar uma lei que instituiu agosto como o Mês do Aleitamento Materno, para intensificar as ações de conscientização e esclarecimento público sobre a importância desta prática para a saúde dos bebês. De acordo com o secretário do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, o Brasil dispõe hoje do maior banco de leite do mundo, com o qual pelo menos 60% das crianças recém-nascidas em UTIs neonatais podem contar. Em 2016, segundo o secretário, os bancos de leite atenderam 2,3 milhões de mulheres.

O Troféu recebe o nome do empresário Walter Schmidt, pioneiro da neonatologia que dirigiu por mais de 50 anos a Fanem, hoje a indústria brasileira de equipamentos para a saúde com maior expressão no mercado neonatal. Desde o início, Schmidt conduziu a Fanem com elevado grau de pioneirismo, inovação e empreendedorismo, desenvolvendo produtos avançados para a área de neonatologia que contribuíram para o impulso do mercado hospitalar brasileiro e para salvar milhões de vidas.

HiMSS Analytics

O vice-presidente global do HiMSS Analytics, John Daniels, foi responsável pela premiação concedida a hospitais brasileiros no que diz respeito a normas e padrões nacionais e internacionais para Segurança da Informação em Saúde. No estado de São Paulo, o Hospital Israelita Albert Einstein Unidade Morumbi levou prêmio por ter alcançado Estágio 6, assim como Hospital Dr. Miguel Soeiro, de Sorocaba. Já Unimed Recife III recebeu o primeiro lugar por atingir Estágio 7. “Nossa missão é transformar a saúde mediante o uso da tecnologia, e estamos felizes em ver o Brasil representado no mapa dos Estágios 6 e 7", comentou John Daniels. 

Empresa patrocinadora

A MV, como patrocinadora do coquetel, destacou a atuação do presidente da UBM Brazil, Jean-François Quentin e da Dra. Waleska Santos a frente da Hospitalar. O presidente da empresa, Paulo Magnus, expressou forte admiração pela da feira e pelos anos de parceria. “A Hospitalar tem trazido uma expectativa e a confirmação de ações estruturantes primeiro convidando para o evento de exposição e depois convocando as entidades do setor a compartilhar o momento após a sua própria consolidação e discutir em cada uma das Hospitalares que vem acontecendo e aquilo de novo efetivamente vai ocorrer, disse Magnus, que ainda complementou: “Jean e Dra. Waleska, vocês fizeram e fazem parte da história da nossa saúde, enfatizou Paulo Magnus”.

O Prêmio Hospitalar é conferido por um conjunto de instituições parceiras da Hospitalar Feira + Fórum, tal como a Fenaess (Federação Nacional dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde); Sindhosp (Sindicato dos Hospitais do Estado de São Paulo); ABIMO (Associação Brasileira da Indústria Médico-Odontológica); Anahp (Associação Nacional dos Hospitais Privados); Abimed (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde); FBAH (Federação Brasileira de Administradores Hospitalares); ONA (Organização Nacional de Acreditação); ABRAFAC (Associação Brasileira de Facilities); AMB (Associação Médica Brasileira); ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas); SBPC/ML (Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial) e APM (Associação Paulista de Medicina)

.

O evento contou ainda com a presença de diversos líderes do setor, dentre eles os renomados hospitais Albert Einstein, Sírio-Libanês, Beneficência Portuguesa, Leforte, Hospital das Clínicas e Oswaldo Cruz.