Blog

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Assim como o desenvolvimento de equipamentos cada vez mais avançados, o know-how e o domínio de técnicas apresentam-se como grandes diferenciais no tratamento oncológico. Exemplo disto é a aplicação da técnica de “hipofracionamento" da radioterapia no combate ao câncer de próstata. Trata-se de um protocolo terapêutico capaz de reduzir o número de sessões de radioterapia pela metade. No Brasil, o Hospital do Câncer Mãe de Deus é pioneiro em adotar a prática como rotina para todos os pacientes acometidos pela doença, explica Dr. Fernando Obst, médico radio-oncologista e coordenador do setor.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Líder mundial em certificação de organizações de saúde no mundo, JCI chancela que hospital está em conformidade com os padrões reconhecidos internacionalmente

O Hospital Santa Catarina (SP), referência no atendimento seguro e humanizado na capital paulista, anuncia a conquista do selo de acreditação da Joint Commission International (JCI) - líder mundial em certificação de organizações de saúde.

O processo de acreditação avalia as instituições certificadas em diferentes áreas de negócios, incluindo as práticas hospitalares, o gerenciamento de processos, a atenção e os cuidados com o paciente, assim como a estrutura e assegura que a instituição está em conformidade com os padrões reconhecidos internacionalmente.

"Ser certificado pela JCI demonstra nosso compromisso com a segurança do paciente e nos posiciona cada vez mais no seleto grupo das melhores instituições de saúde do Brasil", afirma Alline Cezarani, diretora-executiva do Hospital Santa Catarina (SP).

A instituição, que é centenária, possui desde sempre a cultura de segurança do paciente, é acreditada pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), já teve outra acreditação internacional em seu histórico e decidiu em meados de 2014 buscar o selo da JCI.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Finalistas foram apresentados durante o VI Encontro de Associados da ABIMO e do SINAEMO

A noite do dia 6 de abril foi de festa para a indústria nacional de dispositivos odontológicos e médicos. Durante o VI Encontro de Associados da ABIMO (Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos) e do SINAEMO (Sindicato da Indústria de Artigos e Equipamentos Odontológicos, Médicos e Hospitalares do Estado de São Paulo), aconteceu a cerimônia de premiação da oitava edição do Inova Saúde, iniciativa que visa reconhecer e incentivar ações de inovação aplicadas a produtos e serviços que contribuem para elevar o patamar tecnológico em benefício da saúde humana. A Dabi Atlante, fabricante de dispositivos odontológicos, e a Braincare, responsável pelo desenvolvimento de tecnologia médica, foram premiadas. Cada uma recebeu um troféu em reconhecimento e um cheque no valor de R$ 50 mil.

O presidente do SINAEMO, Ruy Baumer, abriu a cerimônia enaltecendo a evolução do prêmio, o qual impulsiona a indústria nacional independentemente do porte ou da área de atuação e favorece o país, que ganha em tecnologia; além de toda a sociedade, beneficiada com novas soluções e oportunidades. “O Inova Saúde está crescendo cada vez mais. Era uma intenção que atraía poucas empresas, já que as companhias do setor médico-hospitalar eram muito acanhadas, não participavam de grandes eventos e não inscreviam seus produtos inovadores”, destaca. “O prêmio evoluiu ao longo dos anos. Temos notícias de várias empresas que estão se inscrevendo em outras premiações. Inovar é sempre muito importante. ”

Nessa edição, o prêmio da área odontológica recebeu o nome de “Prêmio Knud Sorensen”, como homenagem póstuma ao cirurgião-dentista e vice-presidente do setor odontológico da ABIMO.  Durante o jantar, Knud foi homenageado pela professora e doutora, Mônica Talarico Duailibi, que em nome de anos de amizade, fez o discurso de homenagem. A família recebeu uma placa com a seguinte mensagem: “Pelos seus anos de trabalho, estímulo e dedicação à saúde brasileira. Seu legado permanecerá vivo, assim como sua lembrança no coração de todos que lhe acompanharam”.

O produto vitorioso apresentado pela Dabi Atlante foi o Intra Oral New IDA, sensor digital intraoral que oferece soluções eficientes de imagens para diagnóstico mais nítido, preciso e avançado. Com a evolução do software 2.0, a inovação conecta o consultório ao futuro, otimizando os processos de captura de radiografias intraorais e gerenciando com total eficiência as imagens de seus pacientes.

“É muito gratificante estar aqui, depois de uma trajetória de dez anos atuando com diagnóstico por imagem, e ser reconhecido por um prêmio que traz um avanço na odontologia e que traz para o nosso país um sensor digital para detecção automática de raio-x. Muito obrigado!”, declara Marco Candolo, gerente de inovação da Dabi Atlante.

A Braincare venceu essa edição apresentando o sensor de monitoração de forma não invasiva. A solução possibilita o monitoramento de forma contínua e totalmente não invasiva da complacência cerebral por meio das variações na morfologia dos pulsos da pressão intracraniana e de sua tendência ao longo do tempo.

“Dedico esse prêmio ao professor brasileiro Sérgio Mascarenhas, que há dez anos teve um problema de saúde e foi diagnosticado com Parkinson. Mas ele não aceitou o diagnóstico, por isso investigou e descobriu que estava com hidrocefalia. Durante o tratamento, ele ficou inconformado com o método utilizado para o monitoramento da pressão intracraniana. Ele fez a descoberta e foi uma honra ser convidado por ele para transformar essa ideia em negócio. O meu sincero obrigado!”, disse emocionado o presidente da Braincare, Plínio Targa.

Finalistas da categoria odontológica

A Aditek, empresa fabricante de produtos ortodônticos e vencedora do ano passado, concorreu ao prêmio com o Arcos BioSlide, que tem cobertura iônica e redução de 30% do atrito na interface. O produto promove movimentação mais eficiente e maior conforto ao paciente.

A Healtech, companhia que produz componentes para implantes dentários, apresentou o LockFit® Micro Mill®, produto voltado à redução dos custos de manufatura dos unitários metalocerâmicos e que pode popularizar o acesso da população a esse tipo de prótese .

Já a Nacional Ossos, empresa fabricante de ossos sintéticos para estudos teóricos e práticos, apostou no Manequim Pré-Molar com o terceiro molar incluso e gengiva. Segundo a empresa, a inserção de ossos artificiais em universidades e cursos de especializações contribui para diminuir o número de cadáveres utilizados em aulas práticas e reduz contaminações em alunos e profissionais.

A SIN – Sistema de Implante, companhia especializada em estudo, desenvolvimento e fabricação de implantes odontológicos, apresentou o Unitite Hanano, primeiro implante osseointegrável odontológico desenvolvido com nanotecnologia de superfície e câmaras de cicatrização produzido no Brasil.

 

Finalistas da categoria médico-hospitalar

Concorreu com a Braincare, a empresa de produtos para cirurgias cardiovasculares, a Braile Biomédica, que apresentou o Sistema para Perfusão Intraperitoneal, solução que contribui para a melhora da qualidade e a expectativa de vida de pacientes com doença restrita ao peritônio.

A Carbogel, companhia voltada ao atendimento da área médica no setor de ultrassonografia e eletrocardiograma, apresentou a Pistola para Biópsia Carbogun®. A Carbogun® é um dispositivo para coleta de amostras para biópsias que pode ser utilizado com agulhas de marcas diversas. Tem como principal característica a possibilidade de intercambiação de agulhas grossas de marcas variadas. Atualmente esses insumos (agulhas) não têm similar nacional.

O Grupo Santa Celina, entidade que apresenta soluções de gestão para o modelo de saúde brasileiro, inscreveu o projeto GIS (Gestão Integrada de Saúde), que tem como objetivo implantar um modelo de gestão de saúde populacional integrado, com foco no indivíduo.

A companhia MM OPTICS, empresa que desenvolve dispositivos para a área da saúde, demonstrou as funcionalidades do CERCA, sistema para tratamento de Neoplasia Intraepitelial Cervical utilizando a ação fotodinâmica como mecanismo principal.

Segmento inovador

Durante o seu discurso, Franco Pallamolla, presidente da ABIMO, enfatizou o engajamento da Associação para estimular a inovação entre as empresas do setor. “Em 2007, quando assumimos as entidades, tínhamos a missão de entender as necessidades do segmento, e ficou evidente que, entre tantas agendas, a inovação era fundamental”, pontua.

“Em 2010 lançamos o prêmio com a finalidade de incentivar as empresas do nosso setor a perseguirem a inovação, seja incremental ou radical, o importante era iniciar esse processo. E hoje tenho absoluta convicção que esse setor sabe inovar, mas o que falta é uma política de estado que fomente e que favoreça a inovação”, ressalta Pallamolla.

Segundo ele, os empresários investem em inovação por meio de capital de giro, os mesmos recursos da folha de pagamento mensal e de matérias-primas de suas companhias. “Não existe renúncia fiscal para incentivar a inovação no nosso setor. Eu não sou contra a Lei Rouanet e o incentivo à cultura, mas a sociedade precisa estabelecer um grau de prioridade. Nós patrocinamos com renúncias fiscais filmes, porém sonegamos inovação nos hospitais brasileiros”, enfatiza o presidente, que ainda acrescentou: “É um dilema e uma realidade que teremos que enfrentar. A inovação é nossa agenda para os próximos anos. Levaremos ao governo uma proposta de política de inovação para o nosso segmento”.

Parabéns a todos os participantes do Prêmio Inova Saúde 2017!

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Aberto ao público, mas com vagas limitadas, o painel debaterá as novidades do IMDRF – International Medical Devices Regulators Forum

A ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária marca presença na edição 2017 da Hospitalar Feira+Fórum com um painel especialmente criado para atualizar todos os profissionais da área sobre as questões regulatórias do setor. O encontro reunirá, a partir das 9h do dia 17 de maio, técnicos da agência para apresentar as novidades debatidas durante o IMDRF – International Medical Devices Regulators Forum, encontro criado em 2011 para acelerar a convergência regulatória de dispositivos médicos.

Contando com a presença de Fábio Pereira Quintino, gerente de Inspeção e Fiscalização de Produtos para Saúde, Saneantes e Cosméticos da agência, o painel também abordará as iniciativas do MDSAP – Medical Device Single Audit Program que, em 2016, contribuiu diretamente para os diversos avanços conquistados no âmbito das certificações como, por exemplo, a redução de 11 meses no tempo de espera para realização de inspeção pela agência. “Para 2017 esperamos reduzir ainda mais o tempo de espera, conseguir um progresso maior do programa de auditoria única MDSAP e reforçar as atividades de fiscalização”, comenta Quintino.

O painel será realizado das 9h às 12h e os interessados em participar devem se inscrever diretamente no site da Hospitalar. A inscrição é gratuita, com vagas limitadas, e pode ser feita clicando AQUI.